sexta-feira, julho 20, 2007

IMPRENSA

No dia da tragédia do voo 3054 da TAM, acompanhei atentamente os noticiários e me deparei com um verdadeiro massacre dos jornalistas de plantão ao Governo Federal. Sustentaram, em verdadeiro pré-julgamento, quase em sua unanimidade, que a causa da tragédia era a pista do aeroporto de Congonhas e, especialmente, a ausência nesta de um componente denominado “groovin” (ranhuras destinadas ao melhor escoamento da água). Pois agora, menos de 3 dias após o acidente, a verdade vem à tona: a causa do acidente foram problemas mecânicos na aeronave, mais especificamente defeitos no reversor de turbina, equipamento fundamental ao pouso. A imprensa nacional precisa ter mais cuidado com os pré-julgamentos!

3 comentários:

San Tell d'Euskadi disse...

Te manifestaste muito cedo. A falha da areonave era insuficiente para a ocorrência do desastre...

San Tell d'Euskadi disse...

Aliás, sempre é bom recordar, fazem 9 meses que o Lula deu 48 horas para que resolvessem os problemas no transporte aéreo nacional...

lcportinho disse...

O caos aéreo, com certeza, é uma mazela deste governo, mas, sem dúvida, o acidente da TAM não pode ser computado a tal fato. O acidente teve como causa problemas mecânicos na aeronave.